Informações úteis

Tomar mel com limão é bom mesmo para aliviar a tosse?

Tomar mel com limão é bom mesmo para aliviar a tosse?

“Vivo tossindo. A famosa mistura de mel com limão é eficiente para acabar com o problema?”

A tosse é um reflexo normal de defesa do corpo humano. As terminações nervosas do sistema respiratório são muito sensíveis, por isso tossimos toda vez que alguma substância nociva ou irritante entra nas vias aéreas.

Além de ser um sintoma de doenças mais graves como tuberculose, embolia pulmonar e câncer de garganta, a tosse também surge em gripes e resfriados. Nestes últimos casos, o tratamento costuma ser mais simples e pode ser feito com remédios caseiros, como mel com limão.

A combinação realmente possui seus benefícios. Além de ter fitonutrientes como flavonóides, o mel com limão é fonte de vitaminas B e C. Esses nutrientes fortalecem o sistema imunológico e possuem efeitos antioxidantes. Ou seja, atuam contra os radicais livres, reduzindo o processo inflamatório. Mas esses efeitos têm maior relação com o processo de evitar gripes e resfriados do que combater a tosse em si.

Por anestesiar as terminações nervosas em um breve período de tempo, o mel tem um efeito muito fugaz no alívio do problema, funcionando apenas para quadros muito leves e iniciais. O limão, por sua vez, pode piorar infecções. Como a boca trabalha em meio alcalino e as bactérias e os vírus se desenvolvem em meio ácido, a fruta ajuda as bactérias a sobreviverem.

Se a tosse for seca e causada por irritações, o ideal é fazer gargarejo com uma mistura de bicarbonato de sódio, água e sal, de três a quatro vezes por dia. Mas se os sintomas incluírem febre, mal-estar, secreção amarelada, rouquidão, e persistirem por mais de dois dias, é melhor procurar por um médico.

Fontes: Jamal Azzam, otorrinolaringologista da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial; Marcelo Mello, otorrinolaringologista do Hospital CEMA.

VivaBem

Sobre o autor

Dr. Jamal Azzam

Dr. Jamal Azzam

Jamal Sobhi Azzam é médico formado pela Faculdade de Medicina da USP em 1986 e especialista em Otorrinolaringologia pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

2 comentários

Clique aqui para deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Dr. boa noite, eu assisti seus vídeos na YouTube, ano passado no mês de abril tive uma gripe, e daí perdi olfato e paladar, mas até agora fiz raio x, e passei no médico otorrinolaringologista ele pediu tomografia dos seios da face e estou esperando pelo SUS a endoscopia do nariz, pois estou ficando muito preocupada que quando feito começa a dar falta de ar, só que é assim quando alguém cheira perfume forte perto de mim, eu sinto um cheiro muito ruim, o cheiro do tempero quando estou cozinhando eu sinto mais não é cheiro que seria do alho, a cebola sinto cheiro forte. Não consigo sentir sabor, sinto o sal , o açúcar e se for azedo tipo limão ou vinagre, estou ficando muito preocupada, estou precisando de ajuda!