Dicas de saúde

Respiração oral: um perigo multidisciplinar

Respiração oral: um perigo multidisciplinar

É só andar um pouco no shopping e ficar olhando como respiram adultos e crianças.

Você vai ficar espantado diante do altíssimo número de pessoas respirando constantemente pela boca. Especialmente crianças.

A respiração oral leva a inúmeras alterações, como anomalias de desenvolvimento crânio-facial, desvios de septo, sinusites, alterações ortodônticas, disfunções auditivas, cifose, baixo rendimento escolar, dificuldade de concentração etc.

Também, a Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono e o Ronco são mais frequentes em crianças respiradoras bucais.

Então pessoal, vocês estão esperando o quê ?

Viu um alguém que respira constantemente pela boca, encaminhe para um otorrino!

Categorias

Sobre o autor

Dr. Jamal Azzam

Dr. Jamal Azzam

Jamal Sobhi Azzam é médico formado pela Faculdade de Medicina da USP em 1986 e especialista em Otorrinolaringologia pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Deixar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.