Refluxo

Refluxo

Refluxo

Há cerca de 15 anos o nome refluxo gerava somente uma curiosidade, pois pouca gente tinha ouvido falar. Hoje em dia, a palavra refluxo gera muito frequentemente a reação “ah… eu tenho também!”

O termo refluxo refere-se a duas situações muito semelhantes: o Refluxo Gastro Esofágico e o Refluxo Laringo Faríngeo. Vamos abordar o Refluxo Laringo Faríngeo, uma vez que esta situação é ligada diretamente na otorrinolaringologia. Existem alguns conceitos que são fundamentais no entendimento desta situação:

• A garganta tem uma fisiologia normal com um pH bastante alcalino, em torno de 8,0 a 8,2
• Pequenas variações para a acidez geram grandes consequências negativas, uma vez que a mucosa da garganta não foi preparada para o contato com ácido clorídrico, que é o ácido do estômago
• Refluxo Gastro Esofágico é um termo que se refere preferencialmente ao quadro clínico de uma alteração gastroenterológica, tanto de estômago, duodeno e esôfago
• Cerca de 50% dos pacientes que tem Refluxo Laringo Faríngeo fazem uma endoscopia digestiva e esta se mostra totalmente normal
• Cerca de 60% dos pacientes que tem Refluxo Laringo Faríngeo não sentem nada no estômago, nem mesmo azia

Quais são os sintomas do paciente com Refluxo Laringo Faríngeo?

Lembrando-se que nem todos os pacientes têm todos os sintomas ao mesmo tempo. Veja abaixo os sintomas e sinais mais comuns:

• sensação de que tem uma bola na garganta, que pode dar impressão que sobe e desce
• sensação de que tem algo parado na garganta e não consegue tirar
• pigarro constante ou muito frequente
• tosse seca, pior de noite
• rouquidão, que pode ser fugaz ou persistir por muito tempo
• dores de garganta constantes
• ardor ou queimação na garganta

O diagnóstico pode ser feito durante uma consulta com otorrinolaringologista, através do exame clínico habitual e também através da realização da nasofibrolaringoscopia, que é um exame de endoscopia do nariz e da garganta.

Existe muita polêmica ainda de qual profissional deve tratar o Refluxo. Em minha opinião, o Refluxo Laringo Faríngeo deve ser tratado pelo otorrinolaringologista e o Refluxo Gastro Esofágico pelo gastroenterologista.

Categorias

Sobre o autor

Dr. Jamal Azzam

Dr. Jamal Azzam

Jamal Sobhi Azzam é médico formado pela Faculdade de Medicina da USP em 1986 e especialista em Otorrinolaringologia pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Deixar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.