Ouvidos

Cuidado com o som alto

Cuidado com o som alto

Você gosta de correr ouvindo música? Esse pode ser um hábito perigoso, principalmente se o volume estiver lá no alto. Especialista ensina medidas para preservar a audição.

Nada melhor do que correr ao som da sua música preferida, com o volume lá nas alturas, para aumentar a empolgação, certo? Errado. Isso pode até ser bom para o seu rendimento, mas faz muito mal para a sua saúde auditiva! O médico otorrinolaringologista e Vice-Diretor Clínico do Hospital Leforte, Dr. Jamal Azzam, responde algumas dúvidas a respeito do uso frequente de aparelhos sonoros acompanhados de fones de ouvido – caso da maioria dos corredores! Descubra qual o volume da música e o tempo de exposição ideais, além de dicas para preservar a sua audição:

Qual o risco do uso recorrente de aparelhos sonoros com fones de ouvido?
Dr. Jamal Azzam: Há dois riscos que se somam: um relação ao fone de ouvido e outro à intensidade sonora do aparelho. Quanto ao fone de ouvido, o problema mais comum é a otite externa, inflamação do canal do ouvido, provocada pela forma incorreta de colocar o fone (forçando muito e machucando o canal) ou pela entrada e retenção de suor dentro do ouvido por tempo prolongado. Quanto à intensidade sonora, a exposição ao som alto durante muito tempo pode lesar o nervo auditivo, diminuindo a audição lentamente, levando a perdas significativas e prejuízo social.

Qual o volume ideal para evitar danos à saúde auditiva?
Dr. Jamal Azzam: Tecnicamente, o volume se relaciona com o tempo de exposição (confira na tabela abaixo). Exemplificando, pode-se ouvir até 8 horas seguidas um som com intensidade de 85 decibeis (dB). Mas, como não temos noção de quanto é a intensidade sonora do equipamento, mesmo porque os celulares e tocadores de mp3 são bastante diferentes, uma dica muito boa e prática é manter o nível de som até no máximo 70 % do volume total do equipamento. Essa pequena dica é bastante segura e confiável, evitando inúmeras complicações futuras. Lembrando que um IPod, por exemplo, pode emitir um som que chega a 110 dB.

Cuidado com o som alto

Como saber se alguém apresenta um problema auditivo?
Dr. Jamal Azzam: O simples exame de audiometria nos dá praticamente todas as informações necessárias para sabermos se o paciente já tem alguma lesão ou tendência à lesão. Trata-se de um exame muito fácil, realizado em uma cabine acústica com um aparelho calibrado.

Qual o tratamento para quem apresenta zumbido no ouvido ou perda de audição?
Dr. Jamal Azzam: Os tratamentos de zumbido costumam ser bem difíceis e prolongados. Inúmeros medicamentos podem ser usados e, recentemente, disponibilizamos tratamentos não medicamentosos que têm se mostrado bastante promissores. Quanto às perdas auditivas, se forem ocasionadas por lesão no nervo auditivo, não há forma de recuperar. Portanto, não há dúvidas de que a prevenção é o ideal!

Sua Corrida

Sobre o autor

Dr. Jamal Azzam

Dr. Jamal Azzam

Jamal Sobhi Azzam é médico formado pela Faculdade de Medicina da USP em 1986 e especialista em Otorrinolaringologia pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Deixar um comentário

Clique aqui para deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.